8 de nov de 2009

Troquem a atendente por um cartaz

Se tem uma coisa que me cansa é fazer compras. Mas, de vez em quando, é necessário. E, diante do calor que faz na cidade nesses últimos dias, aceitei a realidade: eu precisava, pelo menos, de uma sandália. Porque ficar de tênis todos os dias da semana é uma coisa triste.

Ontem eu e a Pri fomos a algumas lojas do Centro. Eu procurava minha sandália, e ela um calçado chamado "rasteirinha". Andamos um bocado. O legal é que a gente começa a peregrinação sem saber exatamente o que quer e, à medida em que várias lojas são visitadas, nos tormamos experts naquilo que queremos. Cor, modelo, preço, detalhes enfim.

Mas é impressionante como tem pessoas despreparadas para o atendimento ao público. O pior foi quando estivemos numa loja da Avenida Vicente Machado. Tínhamos acabado de entrar, e olhávamos a vitrine, onde havia uma variedade de calçados, entre eles as tais rasteirinhas.

Nem bem tínhamos visto o que havia na vitrine, uma funcionária se intromete: "Posso ajudar?" Enquanto a Pri ainda olhava os calçados, resolvi dar atenção à atendente. E o que se seguiu me deixou muito indignado.

_Vocês têm sandália? - perguntei
_São essas da vitrine. - respondeu indiferente

Olhei para a vitrine, só havia calçados femininos. Voltei para a atendente:
_Sandálias masculinas - disse
_Só temos femininas.

_E vocês têm rasteirinhas? - tornei a perguntar
_Masculinas não. - ela respondeu.
_Femininas. - eu disse
_Só essas que estão na vitrine. - disse a fiadamãe.

Depois disso puxei a Pri para fora da loja, que não entendeu nada e me achou um chato. Talvez com razão. Mas, siga minha lógica...

Adianta uma vendedora oferecer ajuda, se o que tem na vitrine é tudo o que tem na loja? E, se o que tem na vitrine é o que tem na loja, por que ela não explica as características dos produtos em exposição? Qual é mais confortável? Qual é lançamento? Qual combina mais com o (a) cliente?

Se era pra eu ficar olhando a vitrine, por que vem oferecer ajuda? Tirem a mulher lá da frente, e coloquem um cartaz: "Os produtos desta loja estão todos expostos na vitrine". Pronto, tá resolvido.

O vendedor inexperiente, ou sem conhecimento, precisa no mínimo ter simpatia. É o que penso.

Ah, e compramos sandália e rasteirinha. Em outras lojas.